As duas faces da vingança

Reflexão

Houve uma fase na minha vida que JAMAIS aceitaria ser injustiçado, maltratado, sem querer dar o TROCO. Isso é bastante conhecido como VINGANÇA. E quando conseguia, não vou negar, sentia um ESTRANHO prazer. Hoje, sei o que para mim era estranho: na verdade, um certo arrependimento de ter perdido tanto tempo buscando algo que o futura traria sem que eu movesse uma palha.
Acredito piamente agora que, na vida, não somos nós que devemos fazer JUSTIÇA contra quem nos faz MAL. Há um ser superior que se encarrega disso. Quando comecei no colunismo, sofri muita perseguição e não entendia. A maturidade me traz claramente, hoje, a certeza que era porque os “colegas” se sentiam ameaçados e apenas carimbavam o passaporte, assumindo reconhecimento de um novo TALENTO. E isso digo sem modéstia, mas, também, sem nenhuma intenção de julgar-me SUPERIOR.
Em qualquer profissão, uns seriam preferidos por uma ala e outros por outra. No decorrer do tempo, descobri que a melhor forma de se vingar de um INIMIGO é nunca se assemelhar a ele. Certa vez, fui fazer uma entrevista com o cirurgião plástico AILTON CERQUEIRA e ele disse: “O SEU PIOR INIMIGO É SEMPRE ALGUÉM DA MESMA PROFISSÃO!” Ele tem razão! Não adianta você procurar viver BEM pois quem faz sucesso sozinho, quando se sentir ameaçado, procurará impedir o seu progresso. É inegável que a chance de ver quem te perseguiu recebendo TUDO que te desejou é de sorrir, de festejar.
OS VINGADORES dizem “a vingança é doce”, mas esquecem que o mel custa a vida das abelhas. Hoje, maduro, cansado de levar porradas da vida, algumas vezes por merecimento e tantas outras sem nem entender a razão, não tenho mais preocupações em dar troco, em me VINGAR, no sentido da palavra. Entre as DUAS FACES DA VINGANÇA, a que age e a que espera, me sinto bastante confortável em optar pelo ESQUECIMENTO; e quando, por alguma razão, o personagem for o assunto, na maior tranquilidade perguntar: QUEM É MESMO A PESSOA QUE VOCÊS COMENTAM?  Desprezo mata até capim seco! Experimente. Imagem de Gerd Altmann por Pixabay 

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria