Aonde pararemos?

Reflexão

Essa é uma pergunta que está na cabeça de 99% das pessoas. As profissões se dissipam, o comportamento induzido para vivermos em nossas casas, como os BRUCUTUS em suas cavernas, e até aquele momento triste de ir ao hospital em busca de socorro, já pode ter uma nova opção de pedido.
Na PANDEMIA, e dizem que só enquanto ela durar, mas tenho minhas dúvidas, foi criada a TELEMEDICINA, com consultas on-line, para que você continue em casa. Como tudo na vida, tem os prós e contras, mas, no momento, vejo as pessoas adorando a nova modalidade. E até argumentam: “Os médicos não faziam mais exames físicos mesmo!” Sem querer entrar em debate. Até as receitas são enviadas pelo e-mail. A exceção fica por conta dos remédios psicotrópicos, aqueles da receita azul; esses, ainda necessitam que os cidadãos busquem ao vivo em hospitais ou consultórios. AONDE PARAREMOS? Em casa, esperando a morte chegar. Alguém tem dúvidas? Melhor, as tenha. É sinal de esperança. Imagem de Gerd Altmann por Pixabay 

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria