O poder da oração

Reflexão

Quando era menino, os meus pais tinham o hábito de me levar a uma benzedeira, em Santo Antônio, pelo menos uma vez por mês. Uma figura humilde, sorridente, que irradiava alegria, mesmo no quadro da POBREZA em que vivia. Esse hábito, mantive com meus filhos. Se fazia BEM? Acho que sim! Mas, posso afirmar que MAL algum fazia. 
Acredito no PODER DA ORAÇÃO. E tenho duas preferidas: a de SÃO JORGE, que é fortíssima, e a ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO, que me emociona muito todas as vezes que ouço e raríssimas vezes não me leva às lágrimas. Quando cantada por FAGNER então, é um soco no estômago! É linda! Nos leva a um estágio de que realmente não somos NADA e precisamos todos os dias pedir a DEUS que nos afaste dos caminhos tortuosos e ilusórios de coisas materiais e nos mostre como precisamos de tão pouco para levar uma vida FELIZ. Veja que lindo! 
Confira a música com FAGNER. Vale a pena.

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria