Mãos Talentosas

Cultura

Por Jorginho Santos

Desde que começou a PANDEMIA, e os noticiários só informam tragédias e a contagem diária de mortos da COVID-19, eu e ELIZA achamos por bem nos desapegarmos de qualquer telejornalismo nacional. Por questões óbvias, vejo apenas um por dia, geralmente da BAND NEWS, e algum da TV francesa, que é maravilhoso e me obriga a exercitar o francês. No mais, estamos na NETFLIX vendo seriados e filmes.
Ontem, casualmente, escolhemos o filme “MÃOS TALENTOSAS” e não poderia deixar de recomendar para você que ainda não viu. Inspirado na vida do médico negro americano BEN CARSON (interpretado por Cuba Gooding Jr., na foto acima), é uma aula e inspiração para a vida de qualquer um. A sua mãe teve o primeiro filho aos 13 anos e depois outro. Quando BEN tinha seis anos, ela se separou-e ficou com a responsabilidade de criar os dois. Só tinha até o terceiro ano primário, mas fazia faxina e juntava dinheiro numa jarra para poder dar alimento e educação aos dois filhos. Não vou, e nem devo, me aprofundar para não perder a graça e a EMOÇÃO. Mas, como ainda acontece com muitos, sendo negro e pobre, era humilhado e sua mãe sempre dizia para ele: “Você precisa enxergar muito além do que vê!” E foi através desta frase que ele construiu o seu nome.

BEN CARSON (foto acima) se tornou um dos médicos mais importantes do mundo. Ganhou reconhecimento fazendo cirurgias de separação de bebês siameses e também o único que fez uma cirurgia no útero para tirar um tumor no tronco cerebral. Foi escolhido para o staff do presidente DONALD TRUMP e já teve até seu nome ventilado para concorrer ao trono da presidência dos Estados Unidos. Acho que aqui já é o suficiente para você se emocionar, aprender, valorizar a vida, os nossos pais, a nossa saúde, ao invés de perder tempo ouvindo noticiários trágicos, deprimentes, cuja missão é nos colocar para baixo. O filme “MÃOS TALENTOSAS” mostra que realmente precisamos ter gratidão a DEUS e nos empenharmos no ensinamento da mãe de CARSON, que diz: “Você precisa enxergar muito além do que vê!” Ainda é tempo!

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria