O dinheiro faz tanto bem quanto mal

Reflexão


Eu, às vezes, gostaria, de verdade, de viver uma aventura passando algumas horas no BUTÃO, a terra onde ninguém precisa de dinheiro para VIVER. Acho que eles devem ter ensinamentos valiosíssimos para quem vende a MÃE para ser RICO, ou faz pacto com o DEMÔNIO para se tornar MILIONÁRIO. 
Antes de mais nada, devo dizer que trabalho muito em busca de ter o meu dinheiro, para o meu sustento e o da minha família. Nunca tive pretensões de me tornar um RICO em moeda. Acho que consegui praticamente tudo que desejava e nunca recebi nenhum cobrador em minha porta. 
Tenho coisas boas e caras, dentro do meu padrão, mas que para os ricos devem ser “PORCARIAS”. Ocorre que vejo essas mesmas pessoas, que se vangloriam da fortuna, sofrerem quando sentem a ameaça de ficar R$ 1 mais pobres. Não canso de repetir a célebre frase do meu saudoso PAI: “Sou rico, nada tenho, nada devo!”
O apego ao dinheiro é a doença que afeta muitos. A dificuldade de doar, de ajudar os que ajudam o seu progresso, trazem a energia negativa. E acho que concordo em todos os sentidos com HARV EKER quando disse: “O dinheiro apenas intensificará aquilo que você já é. Se você é MESQUINHO, o dinheiro lhe dará a oportunidade de ser mais MESQUINHO. Se você é BOM, ele lhe proporcionará os meios de ser um homem MELHOR!” Aplausos! De pé.

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria