Angústia, um mal em ascensão

Reflexão

Nestes últimos meses que viramos reféns de uma doença considerada incurável, que aparece como mortífera, mas, que no início diziam que a defesa era água e sabão, algo tão absurdo, DESMORALIZANDO os mais consagrados nomes da ciência mundial, houve, em paralelo, uma outra crescente doença para a população: a ANGÚSTIA.
E o que é angústia? Os especialistas dizem que é tormento, ansiedade, aflição e tudo isso, evidentemente, porque não temos respostas para alguma coisa. Foi assim que o mundo se entregou a um vírus. E, mesmo os que não foram contaminados, passaram a carregar consigo esta doença. Alguns, em grau mais elevado, porque viram amigos e parentes serem agredidos.
O ser humano angustiado pelo futuro torna-se impotente para ter qualquer tipo de alegria no presente. Acredito que a ANGÚSTIA é irmã gêmea da DEPRESSÃO. Elas causam danos parecidos em escalas diferenciadas. Ambas nos levam à tristeza e à solidão. Não existe um remédio eficaz, mas o paliativo é dar atenção, carinho, insistir em conversas que possam trazer alegria. E, óbvio, se agarrar na fé em DEUS, só Ele pode nos fortalecer em momentos assim. Imagem de Daniel Reche por Pixabay 

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria