A loucura em conta-gotas

Reflexão

Nos últimos meses, acredito que milhares de pessoas, todos os dias, acordam mergulhadas em dúvidas se estão entrando no estágio da LOUCURA. O terrorismo da PANDEMIA, que trouxe o pânico em ser contaminado; a preocupação com os compromissos, a obrigação de isolar-se, no príncipio, até de filhos e netos. Um cenário dominado pelo MEDO e onde, a cada minuto, um veneno chamado LOUCURA cai em conta-gotas e, pelo visto, de grandes barris porque não tem fim.
LEANDRO KARNAL tem uma frase excelente que diz: “SER LOUCO É A ÚNICA POSSIBILIDADE DE SER SADIO NESTE MUNDO DOENTE!” Ele tem razão! Fugir das regras impostas, não aceitar ordens de quem não têm a mínima condição de opinar é não ceder à LOUCURA. É dele também a frase “quem venceu na vida não ouviu conselhos.” É comum ouvirmos críticas de comportamento por parte de pessoas cujo histórico tira qualquer possibilidade de merecer atenção. Isso sem falar naqueles que se apresentam nas redes sociais como “DONOS DA VERDADE”, só eles sabem TUDO, só o que escolhem e a forma de agir são VERDADEIRAS.
E contra essas pessoas, só mesmo o isolamento, a maior distância, nos libertará da vontade de mostrar o nosso lado LOUCO. São eles, na verdade, o tal CONTA-GOTAS que envenena as nossas mentes e de quem devemos respeitar as opiniões, mas ignorar, antes que seja tarde demais e sejamos considerados pela maioria como LOUCOS simplesmente por não concordar com TUDO que tentam nos convencer. LOUCOS até podemos ser, mas só na hora que for preciso. Imagem de Erin Stone por Pixabay 

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria