A herança nos pratos da balança

Reflexão

Hoje, quando fui fazer a minha postagem de BOM DIA nas redes sociais, como sempre faço, tentando levar alegria e otimismo aos amigos que nos seguem e inimigos que nos espionam, vi um pouco do que os “amigos do Face” já tinham colocado. Fiquei surpreso com uma declaração verdadeira do médico WINDSOR TRISTÃO, que sempre usa o seu espaço de maneira perfeita, ou seja: RESPEITA o que os outros publicam e parece colocar com propriedade suas opiniões fortes, com certeza do que diz.
Hoje, ele escreveu: “Muitos homens querem deixar de herança para seus filhos, netos, bisnetos, etc, bens materiais (imóveis, fazendas, terrenos etc). Eu deixarei pouca coisa, conseguida honestamente e com muito trabalho - um bom apartamento cobertura e 3 carros. Mas, o melhor do que deixarei para eles se chama coragem, honestidade e integridade. Uma coisa preciosa que deixarei para eles se chama: NÃO ACOVARDAR-SE diante dos 'PODEROSOS', onde estiverem. Meu saudoso pai, JOSÉ TRISTÃO CALMON FERNANDES, já me dizia: 'Temer, só a DEUS. O homem vira pó.'”
Confesso que já fui do grupo que trabalhava pensando em deixar herança para os filhos. Hoje, não mais. Foram tantos casos absurdos de brigas em famílias que tomei conhecimento, indiferente se RICAS ou POBRES, que me levaram à conclusão que a melhor herança é a EDUCAÇÃO. É investir em vida, quando se pode, em compartilhar viagens que ficarão na memória. Todo ser humano, a partir de sua maioridade, tem obrigação de lutar pelos seus ideais, não esperar que os pais garantam o seu futuro.
No mundo atual, assegurar até o nosso futuro já é complicado, imagina dos outros. Não direi que sou contra, que quem conquistou fortuna com este objetivo esteja ERRADO. Cada um faz o que quer. Entretanto, o que vejo são famílias destruídas, onde cada um acha que tem mais direito que o outro. E, na minha opinião, só aquilo que conseguimos com o suor de nosso trabalho realmente valorizamos à altura. Enfim... quando colocamos a HERANÇA nos pratos da balança, acho que nunca conseguiremos o EQUILÍBRIO. Infelizmente! Imagem de Mona Tootoonchinia por Pixabay           

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria