As sete verdades do bambu

Reflexão

Segundo a sabedoria chinesa, a planta bambu é capaz de atrair e ativar boas energias no ambiente. Confira algumas verdades sobre ela: 

1 - O bambu nos ensina sobre ter humildade diante dos problemas e das dificuldades. Eu não me curvo diante do problema e da dificuldade, mas diante daqueles mais experientes que nos ensinam a vencer os intemperes da vida. O egocentrismo tem destruído "grandes" profissionais que se julgam superiores demais para ouvir conselhos.

2 - O bambu cria raízes profundas. É muito difícil arrancar um bambu, pois o mesmo tamanho que ele tem para cima, tem também para baixo também. Você precisa aprofundar todos os dias as suas raízes no conhecimento e na prática, respeitando seus clientes com seriedade, ética e honestidade.

3 - Você já viu um pé de bambu sozinho? Apenas quando é novo, mas antes de crescer, ele permite que nasça outros a seu lado (como no cooperativismo). Eles estão sempre grudados uns nos outros, tanto que de longe parecem uma única árvore. Às vezes tentamos arrancar um bambu lá de dentro, cortamos e não conseguimos. Os animais mais frágeis vivem em bandos para que desse modo se livrem dos predadores.

4 - O bambu nos ensina a não criar galhos. Como a planta vive em comunidade, não é possível criar galhos. Perdemos muito tempo na vida tentando proteger nossos galhos, coisas insignificantes, mas que entregamos um valor inestimável. Para ganhar é preciso perder tudo aquilo que nos impede de subirmos suavemente.

5 - O bambu é cheio de “nós” (e não de eu’s). Como ele é oco, sabe que se crescesse sem ajuda dos 'nós', seria muito fraco. Os nós são os problemas e as dificuldades que superamos e que acabam sendo a força nos momentos difíceis.

6 - O bambu é oco, vazio de si mesmo. Enquanto não nos esvaziarmos de tudo aquilo que nos preenche, que rouba nosso tempo, que tira nossa paz, não seremos felizes. Ser oco significa estar pronto para receber informações úteis e que nos fazem crescer.

7 - Por fim, a sétima lição que o bambu nos dá é exatamente o título do livro: ele só cresce para o alto. Ele busca as coisas do alto. Esta é a sua meta.

Imagem de Pexels por Pixabay 

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria