Quanto vale a vida?

Reflexão

Nestes dias que antecedem o NATAL, dedico com prazer algumas horas de avaliação sobre tudo que passei até aqui. Meu Deus, como sou uma pessoa privilegiada!!!! Desde o meu nascimento, quando ganhei uma MÃE que não me pariu, mas que a partir do momento em que me colocou nos braços assumiu a defesa de qualquer MAL que pudesse ser dirigido a mim. Uma leoa em minha proteção, me cobrindo de muito carinho e AMOR.
A infância rica, lá na Vila Rubim, foi de alegria, com muitos colegas, e desde já AMIGOS que permanecem até hoje. Aliás, nem considero AMIGOS, são irmãos que ao longo da vida daríamos o sangue um pelo outro. Isso existe? Tenho absoluta certeza que sim. É a fortuna que somos agraciados e muitos milionários morrem sem conhecer.
Veio a adolescência, momentos turbulentos e cheios de incertezas, mas de grande aprendizado do que é a VIDA, do que é GRATIDÃO. Foi o momento que me anulei para retribuir à minha mãe toda a sua dedicação, de noites mal-dormidas e do esforço para que eu tivesse TUDO que sonhava. Trago no coração o maior orgulho de ter cuidado dela até o último suspiro. Dormia ao seu lado, com medo de acontecer algo sem o meu socorro. Foram três anos e oito meses. Se precisasse, faria tudo outra vez. A nossa despedida não teve diálogo, mas olhares lacrimejantes cheios de AMOR.
Quando ela se foi, e comecei a resgatar vida normal, o pensamento era trabalhar e conhecer o mundo. Não tinha planos de casar e constituir família. Mas, numa noite de trabalho, quando trazia grandes shows para o Estado, conheci ELIZA no camarim de FAFÁ DE BELÉM. A partir dali, vi que algo estava mudando em minha vida. Talvez, a melhor fase, porque estava escrito nas estrelas que iríamos construir uma família. 
Ao contrário do que muitos pensam, enfrentamos muitas dificuldades. Nunca foi apenas oba-oba e glamour. As nossas conquistas têm suor e sangue no alicerce, por isso é sólida. Sem falar em muitas renúncias para conseguir os nossos objetivos. Nunca existiu sonho de ser MILIONÁRIO em dinheiro, mas o desejo da tranquilidade de uma vida financeira saudável.  Porque educar filhos, pagar bons colégios, vestir, calçar, entretenimento, sem dinheiro, é impossível. E essa é única HERANÇA que todos devem se preocupar em deixar: EDUCAÇÃO e BONS EXEMPLOS.
Hoje, a nossa missão está praticamente cumprida. Se optamos por ainda nos responsabilizarmos por alguma coisa é porque entendemos que as raízes que mantêm as árvores de pé. O instinto de família supera qualquer coisa e todos sabem, embora alguns tentem ignorar, que no FIM, para todo mundo, só resta mesmo a família.
Diante de tudo isso, lembrei de um questionamento muito visto nos últimos anos de PANDEMIA: Quanto vale a vida? Cada um deve ter sua resposta. Acho que o valor depende de tudo que você viveu. De tudo que deixar na sua história. E que a única vingança contra a MORTE são os bons momentos vividos. A vida é bela! Belíssima!!!

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria