Com medo, não há vida!

Reflexão

Concordo plenamente com o líder espiritual OSHO quando disse: “A VIDA COMEÇA QUANDO TERMINA O MEDO.”  Depois de dois anos sofrendo, reféns de uma campanha sórdida desde que apareceu o vírus COVID-19, ainda hoje temos pessoas que deixaram de viver e se entregaram ao medo de ir a qualquer lugar e ter contato até com as pessoas de sua família e do círculo de amizades.
Evidente que PODEROSOS das nações descobriram uma maneira fácil de dominar a população: instigando o MEDO. Vocês devem se lembrar daquelas cenas gravadas na Itália, com dezenas de funerais, ruas vazias e a insistente divulgação, que permanece até hoje, de um perigo para a morte. Após as vacinas, vieram as CEPAS e o MEDO parece que se tornou o principal aliado do PODER. Contaram apenas os mortos vítimas do vírus e as outras doenças deixaram de existir. Ninguém morreu mais de NADA, só do COVID-19. E se morreu, não mereceu sequer citação.
Ainda hoje, pessoas estão depressivas, falidas e morrendo aos poucos dentro de suas casas. Uma crueldade sem FIM, enriquecendo a indústria farmacêutica, laboratórios e donos de hospitais.  O medo é o maior inimigo da vida. Ele nos tira a alegria e até o mais importante na vida de qualquer ser humano: o direito de ir e vir, a LIBERDADE. Ontem, conversando com uma amiga, falávamos de uma pessoa que nesses dois anos se trancou em casa e nunca mais ninguém sequer viu o seu rosto. São dois anos sem vida, que NUNCA poderão ser recuperados.
Enquanto as pessoas não se conscientizarem que NÃO EXISTE NADA QUE LIMITE MAIS A VIDA E A TORNE MAIS POBRE QUE O MEDO, presenciaremos o massacre na ALEGRIA DE VIVER da população. Que tenham cuidados, mas JAMAIS se entreguem às falsas ideias que isso ou aquilo nos garantirá a vida. Isso, meus caros, só DEUS é capaz de definir. Liberte-se e volte a viver!

COMPARTILHE:
Faça seu login e comente essa matéria