A nova coleção Balmain

Moda

Em pleno Dia Intenacional da Mulher, a grife Balmain fez a apresentação de sua nova coleção no hangar da Air France. A locação foi escolhida porque Olivier Rousteing, estilista da casa, buscou inspiração na própria história de Pierre Balmain, que fez as malas e foi viajar após o incrível triunfo de sua primeira apresentação de alta-costura, há 75 anos, e viveu muitas experiências e sonhos. Após 8 dias de uma série de voos por meio mundo, pousou na Austrália, trazendo notícias de seu "Novo Estilo Francês" (e, claro, certificando-se de incluir uma visita ao Subúrbio de Balmain em Sydney). "Agora, pós-2020, é muito mais fácil apreciarmos o quão empolgantes essas viagens devem ter sido para Pierre Balmain. Após os difíceis anos de guerra e ocupação, surgiu de repente a possibilidade de escapar para destinos que ele sonhou durante anos - e deve ter sido incrível", explica o estilista.

O Outono Inverno da Balmain trouxe coleções masculinas e femininas que canalizam essa sensação incrível de liberdade, nos lembrando do poder que as viagens possuem em abrir mentes, animar espíritos e reunir aqueles que foram mantidos separados, pois todos nós esperamos pelos dias melhores que chegarão. E o design traz o conceito de VIAJAR inspirado na beleza encontrada nos uniformes dos primeiros pilotos e astronautas, como os vestidos de paraquedas, botas de voo com cordões, jaquetas bomber e macacões cintilantes.
"Uma peça particularmente notável, com mais de 68 mil cristais Swarovski reciclados, reflete o cuidado que nosso ateliê possui em trazer ousadia às inspirações de aviador", conta Olivier.
A linha remete às silhuetas femininas que o fundador da marca apostou no início dos anos 70 e os acessórios têm um papel importante nesta coleção.

 

COMPARTILHE: