Ah... os amigos

Social

O poeta VINICIUS DE MORAES dizia: “A GENTE NÃO FAZ AMIGOS. RECONHECE-OS”. Ontem, quando fui dormir, fiquei pensando nisso. Tivemos mais surpresas que no ano anterior. Queria procurar uma razão para entender tantas manifestações, expressando carinho e admiração, vindas de pessoas que nunca me viram e que nos tornamos íntimos através das redes sociais. Fazendo uma soma das mensagens nelas, dos mimos, dos MSN, dos WhatsApp, foram muito mais de 1500 pessoas.
O que dizer quando uma pessoa fala que reza por você por levar tanta alegria aos dias dela? Como não se emocionar quando outra, essa vou citar, EULALIA ROZINDO, que adoro, declarar que sou uma pessoa especial e que chegou às lágrimas lendo a minha crônica? O que imaginar quando um governador do Estado tira um minuto do seu dia atarefado para te cumprimentar? Quem sou eu? Um influencer? Não! Prefiro achar que sou apenas um jornalista que gosta de levar alegria e mostrar o lado bom da vida, os salões decorados, as mulheres lindas,que se arrumam, e, sempre que possível, colocar HUMOR com pitadas de ironia.
Claro que já fiz comentários maledicentes nas minhas LINHAS, mas nunca fiz nenhuma nota que agredisse a moral alheia. Conquistei o meu espaço com um público que não gosta de gente PUXA-SACO, mesmo que seja milionário ou poderoso. E isso ficou provado ontem, mais uma vez. Não tenho palavras para agradecer essa energia! Tentei, mas foi impossível responder a cada manifestação. Umas só consegui ver hoje nas redes sociais. Então, daqui deixo registrado a minha eterna GRATIDÃO, em meu nome e de ELIZA. Vocês nem podem imaginar o quanto me fizeram FELIZ! AMOR demonstrado espontaneamente traz EMOÇÃO. Que DEUS derrame muitas bençãos na vida de todos que perderam alguns minutos para levar palavras de carinho para nós. OBRIGADO! OBRIGADO! OBRIGADO!

COMPARTILHE:




Faça seu login e comente essa matéria