O Mundo Nunca Foi Tão Chato

Reflexão

A minha política sempre foi pela trilha do OTIMISMO. Quando me dei conta que os noticiários estavam repetitivos, sangrentos, espalhando TERROR, decidi por não assistir mais NADA. Vejo uma vez um telejornal da BAND NEWS, depois me entrego às séries do NETFLIX. As redes sociais também já não são mais tão interessantes. Os mesmos, brigando com os mesmos, desde a campanha eleitoral. Selecionei alguns blogs e colunas mais amenas para ocupar o tempo e assim estou há quase quatro meses.
Em alguns momentos, confesso que fico em paranoia porque 98% das mensagens que chegam pelo WhatsApp falam de PANDEMIA, da chegada de gafanhotos, que isso não passará NUNCA, que fulano está mal na UTI, que ciclano morreu. Não há ser humano, por mais otimista que seja, que consiga manter equilíbrio neste emaranhado de agouros. A coisa chega num ponto que passamos a ter a certeza que já nos entregamos e estamos, como diria o cantor, RAUL SEIXAS: “Esperando a morte chegar!”
É preciso reagir! É preciso voltar a sorrir, poder abraçar, tomar um cafezinho no shopping, ir ao escritório, enfim... a ter a nossa vida NORMAL, com todos os problemas. Chega de aturar apenas UM que nos intimidou e mata as pessoas aos poucos, sem doença nenhuma, mas nos consumindo lentamente. Em toda minha vida, nunca vi, e jamais imaginei, logo eu que sempre considerei a "VIDA É BELA! BELÍSSIMA!", que pudesse se tornar tão CHATA. Imagem de Gisela Merkuur por Pixabay 

COMPARTILHE:




Faça seu login e comente essa matéria