A necessidade da resiliência

Reflexão

Por Jorginho Santos

Está comprovado que ninguém tem conhecimento da sua verdadeira força. Não se trata da força física, aquela que muitos imaginam estar nos músculos conseguidos a ferro nas academias. Essa, com certeza várias pessoas dizem conhecer pelo tamanho dos braços ou das pernas desenhadas graças a muita malhação. Neste momento, a FORÇA que interessa é a que resiste às intempéries, à renúncia de todos os tipos para continuar uma caminhada, ainda que sobre trilhos nada confiáveis. É também conhecida como RESILIÊNCIA, aquela força que encontramos para recuperar esperanças, recuperar as perdas de crises e até aprender com ela, mesmo que o prejuízo, em algum momento, nos perturbe.
Nós, seres humanos, temos o péssimo hábito de fazer comparações de vida com outras pessoas. Isso dificulta o bem-estar porque geralmente o que exaltamos nos outros SEMPRE é o que pode ser considerado o lado BOM delas, porque a maioria JAMAIS externa seus dramas e suas dificuldades; que todos têm. Quando começamos a entender que o ser humano é todo igual, só troca de defeitos e problemas, estamos no caminho para abraçarmos a RESILIÊNCIA e caminharmos com mais tranquilidade até onde queremos chegar. Imagem de Kim Thomas por Pixabay 

COMPARTILHE:




Faça seu login e comente essa matéria