Santorini: um paraíso sem vírus

Turismo

Um dos lugares mais bonitos do mundo por onde já passamos foi a ilha de SANTORINI, na Grécia. Com seu estilo inconfundível, tem casarios brancos, igrejas de cúpulas azuis, portas e janelas na mesma cor, flores plantadas em quase todas as ruas e um mar que, no final da tarde, se junta ao SOL para enlouquecer os turistas que ali estejam.
Pois bem, SANTORINI escapou da PANDEMIA porque o prefeito ANTONIS SIGALA, que tinha acabado de ser eleito, optou por fechar todos os corredores de acesso, interromper as construções e mandar todos os trabalhadores para as suas casas. Neste período de isolamento, nasceu um plano de remodelação para recebimento de turistas. A ilha chegou a acolher por dia, só de visitantes de cruzeiros, cerca de 20 mil pessoas. Os governantes batizaram de “turistas da SELFIE”, aqueles que só passam o dia para fazer fotos e publicar nas redes sociais.
Agora, SANTORINI renasce em nova modelagem, dando preferência ao turista que passe quatro, cinco dias na Ilha, conhecendo e obedecendo as leis, principalmente a da PROIBIÇÃO TOTAL DO USO DE PLÁSTICO. O paraíso continuará sendo um dos lugares mais concorridos do planeta para conhecer, mas com sérias restrições. Pelo menos isso a COVID-19 deixou de melhor na Grécia. Imagem de Julius Silver por Pixabay 

COMPARTILHE:




Faça seu login e comente essa matéria