Urnas eletrônicas

Política

As urnas eletrônicas, desde que implementadas no Brasil, trouxeram muitas divergências em relação à confiabilidade. A maioria, baseada na rejeição de grandes potências mundiais em implantar o sistema em suas eleições. Dias trás, o polêmico OLAVO DE CARVALHO publicou a sua opinião na internet e colocou ainda mais dúvidas nas pessoas. Disse ele: “A URNA ELETRÔNICA é tão boa que o JAPÃO olhou pra ela e disse: Nãããããão, papelzinho melhor, né? O JAPÃO, que tem vaso sanitário eletrônico, onde você entra no banheiro, aperta o botão e sai sem ver o que cagou. Aqui, você entra na urna, aperta o botão e fica quatro anos olhando a sua cagada!” Quá... Quá... Quá... 
Um exemplo, com pitadas de humor e mais que verdadeiro. Quando estivemos no Japão, há 22 anos, o vaso eletrônico já existia nos hotéis. Imagina que, no Brasil, país que se diz o futuro do mundo, até hoje não existe. Talvez porque aqui curtam olhar sempre como saiu a bosta. Como diria o saudoso TAO MENDES: “Macacos me mordam!!! Foto/ Divulgação.

COMPARTILHE:




Faça seu login e comente essa matéria