A caipirinha nasceu numa pandemia

Gastronomia

A famosa CAIPIRINHA, bebida que faz sucesso até hoje, principalmente entre os estrangeiros, nasceu durante a GRIPE ESPANHOLA, em 1918. A mistura da cachaça com mel e limão na época funcionou como é hoje a IVERMECTINA, com a mesma polêmica: uns afirmavam que curava, outros não.
Há quem considere a GRIPE ESPANHOLA muito pior do que a COVID-19 e, proporcionalmente, matou mais pessoas do que atualmente. Inclusive há de se registrar um detalhe: o presidente eleito, o senhor RODRIGUES ALVES, morreu devido à doença, não chegando a tomar posse, sendo então substituído pelo vice, DELFIM MOREIRA. Depois, fizeram uma nova eleição, quando EPITÁCIO PESSOA assumiu.
Quem busca informações, constata que tudo que vivemos hoje, o isolamento social, a tentativa de proibir (não muito aceita), foram iguais naquela pandemia. A única diferença é que pelo menos eles criaram um remédio que virou alegria e nós, por hora, apenas tristeza. Imagem de Daniel Reche por Pixabay 

COMPARTILHE:


Faça seu login e comente essa matéria