O absurdo na vacinação

Saúde

Num momento de tanta ansiedade e aflição para a população em busca da vacinação, chegam informações que preferimos não acreditar que o ser humano se rebaixe a tal ponto. Uma delas diz que se exija o frasco seja aberto diante da pessoa que durante a vacinação porque estão colocando soro fisiológico na seringa e levando a vacina para aplicar em familiares. E há os que espalhem que em todo o País a vacinação é lenta para que os foliões não se animem muito. Depois do carnaval, entra em outro ritmo. Pode?
Mas, há fatos que mostram um lado bom, de reconhecimento a uma classe sempre esquecida, a dos professores. O deputado BRUNO LAMAS apresentou um projeto que busca o direito deles serem também prioridade na vacinação, uma vez que ajudaria muito na regularização da volta às aulas. Aplausos! Imagem de Angelo Esslinger por Pixabay 

COMPARTILHE:


Faça seu login e comente essa matéria