A covardia dos "amigos"

Reflexão

Acho que desde o começo do mundo, a traição de “amigos” existe. Mas, a cada época se banaliza mais e deixa o ser humano pior. O caso do cantor SÉRGIO REIS deve ter colocado muita gente para pensar. AMIGO é coisa muito rara e a necessidade de valorizar os verdadeiros é MAIOR a cada dia.
Assistindo a uma reportagem no DOMINGO ESPETACULAR, ontem, vimos um ser humano destruído pela mágoa; por ver “amigos” que ele ajudou a conquistar um espaço na carreira se silenciarem, se acovardarem, se comportarem como se nunca o tivessem conhecido. Um fato cruel, que nos OBRIGA a pensar e nos colocar na posição do deputado e cantor.
Já vivi uma vez algo parecido, mas não tive, graças a DEUS, decepção. Dos que esperava palavras de solidariedade, tive; dos demais, sempre soube que eram apenas “CONHECIDOS”. E é assim que devemos nos comportar, uma vez que a qualquer hora podemos ser o alvo e a dor, numa situação assim, pode nos levar à DEPRESSÃO e, sem exagero algum, até à morte. Como diria o saudoso Ibrahim Sued: “Olho vivo, porque cavalo não desce escada." Foto/ Agência Câmara.

COMPARTILHE:


Faça seu login e comente essa matéria