Os urubutingas estão tristes

Mundo

A imprensa brasileira deve ser a que mais torce por notícias trágicas em todo o mundo. Com a chegada da COVID-19, os “URUBUTINGAS” (pessoas que só gostam de falar em coisas ruins) viviam um dos momentos mais festivos em suas vidas. Contar mortos parecia dar o mesmo prazer que contar euros ou dólares. A cada morto, um sorriso, uma novidade. Algo realmente muito estranho no comportamento humano, que deve fazer parte daquilo que eles inventaram como “NOVO NORMAL”.
Desde ontem, os registros de normalização anunciados aparecem com pouco destaque nos noticiários, mas o que se sabe é que já houve uma redução de 19% no mapa que contabiliza infectados e vem caindo ainda mais. Uma pena que a grande imprensa não divulgue com a mesma euforia de quando estávamos no auge da tragédia. Imagem de mohamed Hassan por Pixabay 

COMPARTILHE:


Faça seu login e comente essa matéria